Acidente nos EUA mata influenciador e Golden Retriever de SC

Jesse Koz era conhecido por viajar o mundo com seu fusca, com placas de Balneário Camboriú, e o cachorro Shurastey

Morreu Jesse Koz, conhecido por viajar o mundo com seu fusca 1978, com placas de Balneário Camboriú. De acordo com uma familiar, em publicação na internet, o jovem de 29 anos foi vítima de um acidente de trânsito no estado de Oregon, nos Estados Unidos, na segunda-feira (23). A informação foi confirmada nas redes sociais oficiais do influenciador.

Junto de Dodongo, como o carro foi apelidado, Jesse percorria as Américas na companhia também do cachorro, o Shurastey, um golden retriever. A ideia deles era chegar ao Alasca em setembro.

A viagem fazia parte de um projeto, chamado “Shurastey or Shuraigow?”, uma adaptação inspirada na música “Should I Stay or Should I Go” (traduzido do inglês Devo Ficar ou Devo Ir), sucesso da banda The Clash. No Instagram, mais de 400 mil pessoas acompanhavam as aventuras diárias do trio Jesse, Dodongo e Shurastey.

Nas redes sociais, familiares e amigos lamentaram a morte de Jesse. “Te amo tanto, o mais puro e verdadeiro amor fraterno”, comentou uma jovem.

Acidente de trânsito

A morte foi divulgada por uma tia de Jesse, através do perfil no Instagram da loja do jovem, nesta terça-feira (24). Ele vendia produtos para cachorros, além de roupas e acessórios para pessoas. Com o lucro do empreendimento, o influenciador bancava as viagens.

Segundo a tia, o acidente aconteceu na cidade de Grants Pass, no estado de Oregon, na segunda-feira. Detalhes da ocorrência não foram divulgados. Ao todo, Jesse e Shurastey visitaram 16 países, do Uruguai aos Estados Unidos.

Viagem aos EUA

 

Jesse chamou a atenção em abril deste ano, após rodar com o fusca de Balneário Camboriú na Times Square, em Nova York.

Detalhes da viagem aos Estados Unidos eram divulgados todos os dias no Instagram do rapaz. O trio chegou a ser surpreendido, inclusive, por uma nevasca, que mudou o cronograma da aventura.

Na ocasião, o veículo ficou preso em um parque na cidade de Roscoe no estado de Nova York durante uma pausa no caminho para as cataratas no Niágara, no Canadá. A viagem, de aproximadamente 660 quilômetros, seria concluída em dois dias, conforme previsão de Jesse, mas, segundo ele, o tempo dobrou.

Foto: Divulgação

Fonte: Jornalismo RBV/G1

Compartilhe

Share on whatsapp
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on email

Últimas Notícias