Adolescente escapa de sequestro após padrasto obrigar a cruzar o estado

A jovem foi levada do Oeste até o Vale do Itajaí e sofreu uma série de estupros, segundo a PM.

Uma adolescente conseguiu escapar do padrasto e pedir ajuda após ser levada a mais de 230 quilômetros distante de casa, na terça-feira (8), e sofrer uma série de estupros, segundo a Polícia Militar. O caso iniciou no Oeste catarinense, e terminou no Alto Vale do Itajaí.

A vítima ficou sob o controle do homem por mais de 12 horas, até conseguir fugir da região de mata em que foi colocada. O agressor foi preso em flagrante.

À polícia, a vítima contou ter sido violentada pela primeira vez na segunda-feira (7), enquanto a mãe estava fora de casa. Depois disso, o homem a teria colocado no carro e levado até uma cabana onde foi novamente violentada.

Conforme a Polícia Militar, a jovem teria pegado uma faca escondido e aproveitado um momento de distração do agressor para golpeá-lo no pescoço e fugir.

Um morador da localidade onde a jovem conseguiu fugir ligou para o 190 por volta das 15h30min de terça (8), quando a vítima apareceu pedindo ajuda, ensanguentada.

Os policiais fizeram buscas e o padrasto da garota foi encontrado. Por conta do ferimento no pescoço, ele foi levado ao hospital, em Ibirama, para atendimento médico. Depois da alta, foi preso em flagrante e levado à delegacia de Rio do Sul. Durante a prisão, ele teria ficado calado.

De acordo com a PM, o suspeito já trabalhou na área rural da região onde foi preso, no Vale do Itajaí, Atualmente, ele morava com a mãe da garota e já tinha outras passagens criminais por violência sexual.

A garota foi acolhida pelo Conselho Tutelar até a chegada da família, recebeu atendimento médico e passou por exames. Ela vai receber acompanhamento psicológico.

Foto: Divulgação

Fonte: G1

Compartilhe

Share on whatsapp
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on email

Últimas Notícias