Vendas no Natal devem movimentar R$ 60 bilhões na economia, aponta pesquisa

O Natal é a data mais importante para o varejo, tanto em volume de vendas quanto em faturamento. Segundo uma pesquisa feita pela Confederação Nacional de Dirigentes Lojistas (CNDL) e pelo Serviço de Proteção ao Crédito (SPC Brasil), mesmo com o orçamento apertado, a maior parte dos brasileiros não vai deixar de comprar presentes de Natal.

De acordo com a economista-chefe do SPC Brasil, Marcela Kawauti, o levantamento mostra que a força simbólica e cultural do Natal se sobrepõe às adversidades que os brasileiros ainda têm com as finanças pessoais.

“77% dos brasileiros devem presentear alguém no Natal deste ano. Esse número é muito parecido com o do ano passado e deve injetar cerca de 60 bilhões na economia. O problema é que tem muita gente com o orçamento, com a renda diminuída por conta da crise e isso faz com que o gasto não deva variar muito em relação ao ano passado; mas, ainda assim, o Natal se mantém como a data mais importante do comércio e o brasileiro deve continuar indo às compras”, afirma.

Ainda segundo a economista-chefe do SPC Brasil, Marcela Kawauti, 72% dos compradores vão pagar os presentes à vista.

Fonte: Jornalismo Rádio Caçanjurê/Agência do Rádio
Foto: Ilustração
Comentários
Carregando...