Bárbara, do Avaí/Kindermann, é homenageada no JEPs

A goleira da seleção brasileira de futebol feminino entrou carregando a tocha do JEPs, evento que fez parte do inicio da sua carreira

De Recife para a história do futebol. Na noite de terça-feira (16), Bárbara foi homenageada e ganhou seu espaço nas paredes do Pernambuco Imortal, local que presta tributo aos grandes nomes do esporte do estado na Arena Pernambuco.

Atualmente no Avaí/Kindermann-SC, a goleira da Seleção Brasileira foi a grande homenageada de 2019 na abertura dos Jogos Escolares de Pernambuco (JEPs), torneio em que começou sua trajetória no futebol e sagrou-se tricampeã.

A competição juvenil foi um dos primeiros contatos de Bárbara com o futebol pouco antes de chegar ao Sport (PE), clube que a revelou para o futebol em 2006. De lá para cá, a arqueira também acumulou passagens por Sunnanå SK (Suécia), Foz Cataratas-PR, São Caetano-SP, BV Cloppenburg (Alemanha), Botafogo-PB (além do Kindermann-SC, seu atual clube).

“Eu já estive aí onde vocês estão. Das 60 edições do JEPs, eu disputei quatro e fui tricampeã. Honrei a camisa das minhas escolas, uma delas a Escola Estadual Ariano Suassuna. Recebi todo o apoio da minha escola para conciliar o esporte e o estudo, e cheguei até a Seleção Brasileira. Quero agradecer a vocês o carinho e incentivá-los: os JEPs são uma porta para vocês realizarem seus sonhos”, disse Bárbara, que carregou a tocha da cerimônia de abertura dos JEPs neste ano.

Com a Seleção Feminina, a jogadora foi medalhista de prata na Copa do Mundo de 2007 e bicampeã do Pan-Americano (Rio de Janeiro 2007 e Toronto 2015). Além disso, Bárbara acumula participações no vice-campeonato no Pan de 2011 (Guadalajara) e no vice-campeonato nas Olimpíadas de Pequim-2008. Ainda nas categorias de base, a goleira pernambucana ficou em terceiro lugar com o Brasil na Copa do Mundo sub-20 de 2006.

Fonte: Com informações: CBF
Foto: Pedro Menezes