Dioneide é a terceira na família a perder a vida por assassinato

Dioneide dos Santos, de 44 anos, estava desaparecida deste a última sexta-feira, 19. Seu corpo foi encontrado enterrado em um terreno no bairro Bello

Na tarde desta quarta-feira, dia 24, o corpo de Dioneide dos Santos, de 44 anos, foi encontrado enterrado em um terreno no bairro Bello, próximo ao antigo depósito do supermercado Cereal. Dioneide estava desaparecida deste a última sexta-feira, 19. A informação foi repassada pelo delegado Marcelo Colaço, da Delegacia de Proteção à Criança, Adolescente, Mulher e Idoso.

 

O corpo de Dioneide foi encontrado com a ajuda dos Bombeiros Voluntários de Caçador, em ação conjunta com a Polícia Civil. Depois da localização do corpo, o IGP realizou perícia. Logo após o corpo foi encaminhado ao IML, em Joaçaba.

 

A Polícia Civil informou que vários elementos ainda devem ser confirmados para que se tenha um parecer completo sobre o caso. Portanto, as investigações continuam, e já há um suspeito em potencial. O veículo usado pelo autor do crime já foi apreendido pela Polícia Civil.

 

De acordo com a família, a mãe de Dioneide, uma senhora de 86 anos que mora em Lebon Régis, já perdeu dois filhos por assassinatos, há tempos atrás, na cidade de Curitiba. Dioneide é a terceira a ter a vida rompida. O enterro de Dioneide acontecerá na tarde desta quinta-feira, em Lebon Régis.

 

Relembre o caso:

Dioneide dos Santos, de 44 anos, estava desaparecida desde às 20h da última sexta-feira, 19, em Caçador. Segundo a família, a mulher saiu de casa vestida com roupas pretas.

Ela foi vista pela última vez próximo ao Via Atacadista. A mulher saiu de casa sem celular, nem documentos. Dioneide trabalhava com serviços gerais no Hospital Maicé.

 

 

 

Fonte: RÁDIO CAÇANJURÊ
Foto: Divulgação

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on google
Google+
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on email
Email