Dois júris foram realizados nesta semana em Caçador, de crimes cometidos em 2013 e 2014

O primeiro júri foi realizado na terça-feira. O réu era acusado de tentativa de homicídio em 2013. Na ocasião, ele atirou na cabeça de um vizinho, após um desentendimento. A discussão que motivou o crime foi por causa de uma égua que saiu da propriedade de um e entrou no terreno do outro. Apesar do motivo fútil, o réu foi inocentado pelo entendimento dos jurados.

Já o segundo júri foi de um crime em Macieira em 2014. O réu foi condenado a 4 anos de prisão por tentativa de homicídio. O homem era acusado de desferir golpes de facão e pauladas no próprio irmão, um idoso com 73 anos na época dos fatos. Ele não se conformava em dividir a propriedade rural onde moravam. Apesar da condenação, o réu ganhou o direito de recorrer em liberdade.

Os juris realizados no Fórum de Caçador estão sendo realizados também em outras comarcas com o objetivo de julgar processos represados devido à pandemia da Covid-19.

Fonte: Jornalismo Rádio Caçanjurê
Foto: Jornalismo Rádio Caçanjurê