Duplo homicídio é investigado de forma sigilosa pela Polícia Civil de Caçador

Agentes já ouviram esposa de vítima e outras testemunhas; Nenhum suspeito foi preso

O duplo homicídio registrado na madrugada deste domingo, 24, no centro de Caçador já está sendo investigado pela Polícia Civil. As vítimas, Gislaine Vogel, de 18 anos, e Roberto Carlos Machado, de 40, foram alvejadas por disparos de arma de fogo. O tio e a sobrinha foram levados ao hospital pela esposa de Roberto, mas já estavam em óbito.

O crime ocorreu na rua Quintino Bocaiuva, na região central da cidade. Roberto e Gislaine estavam entre os familiares em uma formatura e foram mortos dentro de um carro, um Fiat Palio, que estava estacionado na referida via.

Segundo o delegado da Divisão de Investigação Criminal (DIC), Fernando Guzzi, depoimentos já foram colhidos para buscar elucidar o crime. “Ouvimos a esposa da vítima, por cerca de 30 minutos, e também de outros conhecidos e familiares da vítima. A DIC aguarda os laudos periciais do IGP, mas algumas informações nós já conseguimos”, afirmou o delegado.

De acordo com o delegado, a Polícia trabalha com ao menos duas linhas de investigação. “Não há suspeitos do caso até o momento, porém já temos algumas linhas de investigação que não podem ser divulgadas para não prejudicar o andamento dos trabalhos para elucidar esse crime tão grave”, finalizou Fernando Guzzi.

O sepultamento de Roberto e Gislaine está marcado para esta segunda-feira, 25, às 14h, no Cemitério dos Correia.

Fonte: Jornalismo Rádio Caçanjurê
Foto: Divulgação/Polícia Civil
Comentários
Carregando...