Encceja acontece neste domingo com número recorde de quase 3 milhões de inscritos

Marcada para este domingo, a prova do Exame Nacional para Certificação de Competências de Jovens e Adultos ( Encceja) teve número recorde de inscritos, 2,9 milhões de pessoas, contra 1,7 milhão do ano passado, um aumento de 67%. O exame, gratuito, serve como validação dos ensinos fundamental ou médio para quem não teve oportunidade de concluir os estudos na idade apropriada.

Para especialistas, uma das principais razões para o aumento da procura está no fato de o Exame Nacional do Ensino Médio ( Enem ), que oferecia a certificação do ensino médio desde 2009, ter, em 2017, devolvido essa função para o Encceja: a imensa maioria dos candidatos (2,3 milhões) busca o diploma dessa etapa da educação básica. Apesar de a mudança ter acontecido já há algumas edições, a informação teria chegado aos interessados gradativamente.

Falhas no sistema de ensino brasileiro

Muitos especialistas, porém, atribuem este número recorde a deficiências na educação básica do país.

_ O Encceja é uma forma que a gente encontrou para que os estudantes defasados terminem o fundamental ou médio. É importante, mas o aumento é preocupante porque mostra o desastre do nosso ensino médio. Um número enorme de crianças não vai para o médio e, mesmo entre as que vão, muitas desistem — afirma o ex-presidente do Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep) José Francisco Soares.

Segundo ele, do primeiro para o segundo ano do ensino médio a desistência fica em torno de 20%:

— O exame começou para os adultos, uma geração que não tinha escola. Mas essa geração, dos 21 até os 30 anos (38,7% dos incritos) , teve escola. No entando, a escola não deu conta deles, porque só está preparada para aquele aluno que tem um enorme incentivo em casa. É um fracasso fantástico. Dizem que é promoção social, mas, se fosse sério, a gente ia fazer com que esse jovem aprendesse de verdade — conclui Soares.

Fonte: O Globo
Foto: Ilustração
Comentários
Carregando...