Frigorífico retoma abate de bovinos e recebe certificado nacional

A Pamplona Alimentos S/A, filial de Caçador, recebeu o título de registro do Sistema de Inspeção Estadual (SIE) e do Sistema Brasileiro de Inspeção de Produtos de Origem Animal (SISBI-POA). O novo certificado traz a possibilidade de comercialização dos produtos de origem animal em todo o país.

A solenidade, que ocorreu na última sexta-feira, contou com a presença de autoridades como o secretário de estado da Agricultura, Pesca e Desenvolvimento Rural, Altair Silva.

“Caçador recebe uma unidade de abate de bovinos do grupo Pamplona, um investimento muito importante para o desenvolvimento da região. Foi uma grande parceria da iniciativa privada, Governo do Estado, Secretaria da Agricultura e Cidasc para que nós viabilizássemos a implantação do SISBI. Agora essa unidade poderá comercializar carne bovina para todos os estados do Brasil. É um dia importante para Caçador, resultado do trabalho de equipe para incentivar a iniciativa privada, gerar mais empregos, desenvolvimento econômico e, principalmente, fortalecer a agropecuária na região do Contestado”, comemora o secretário de Estado da Agricultura Altair Silva.

O prefeito de Caçador, Saulo Sperotto, ressaltou a importância do investimento que ajuda na diversificação da economia do município.

Esta é a unidade referência no abate de bovinos da Pamplona em Santa Catarina. A empresa conta com 70 funcionários diretos e abate em média de 60 bovinos/dia. A expectativa é de que até o final deste ano, com o novo certificado, os abates aumentem em 150% e sejam gerados mais empregos no município.

“Vamos levar o nome de Caçador para todos os estados do Brasil. É um sentimento de vitória e satisfação porque retomamos a nossa origem, que é o abate de bovinos”, segundo o presidente do Conselho Administrativo da Pamplona Alimentos, Valdecir Pamplona.

Adilor Bussolo, diretor industrial da Pamplona, afirma que o frigorífico de Caçador faz parte do plano de expansão da empresa em retomar o abate de bovinos (hoje a Pamplona é referência em produção de carne suína inclusive atendendo o mercado externo. Segundo ele, o certificado nacional que representa qualidade da produção de carnes que serão processadas para ir direto pra mesa do consumidor.