Gabriel Ceretta Jung fala sobre a possibilidade de defender o Brasil na Olimpíada de Tóquio

Caçadorense, que está de férias na cidade e de clube novo, conversou com a Rádio Caçanjurê

Com 1,97m de altura e 22 anos, o caçadorense Gabriel Ceretta Jung trabalha com a possibilidade de defender as cores da Seleção Brasileira de Handebol nas Olimpíadas de Tóquio, em 2020. De férias em Caçador, o jovem falou sobre a temporada europeia e o seu futuro em entrevista na Rádio Caçanjurê.

Depois de três anos jogando pelo Helvetia Anaitasuna, da cidade de Pamplona, Gabriel estará de casa nova. A partir de agosto, ele estará em Logroño, onde defenderá as cores do time da cidade. A equipe terminou a última temporada na 3ª colocação da Liga Espanhola.

“Foi a realização de um sonho de jogar a 1ª divisão do handebol espanhol, além de disputar também a Euro. Foi um período de muito aprendizado e agora estarei atuando também em uma equipe bastante tradicional e que sempre está na briga pelas primeiras colocações”, afirmou o jovem.

A ascensão de Gabriel foi rápida. Iniciou os treinamentos no Colégio de Aplicação da UNIARP e defendendo as cores de Caçador. Logo aos 14 anos, foi convidado para o Pinheiros, tradicional clube de São Paulo, onde atuou até os 18, quando foi para o Velho Continente.

Gabriel não foi convocado para defender o Brasil no Pan-Americano de Lima, neste ano, mas vive a expectativa de defender a seleção nas Olimpíadas. Hoje, com 22 anos, ele é o mais novo da sua posição no grupo de 28 atletas monitorados pela comissão técnica.

“O pensamento é sempre positivo, mesmo não sendo convocado para o Pan, eu procuro sempre estar preparado para entrar junto com a Seleção”, comentou Gabriel, que no dia 18 de julho voltará à Espanha para o início da temporada.

Conversa com jovens atletas de Caçador

Nesta semana, Gabriel acompanhou os treinamentos das equipes de handebol, comandadas por Leandro Martello, que se preparam para os Joguinhos Abertos de Santa Catarina e para a Olimpíada Estudantil Catarinense (Olesc). O treinador, inclusive, foi quem trabalhou com Gabriel no início da carreira.

“Tive essa oportunidade de falar com esses jogadores, treinar com eles e eu vi que temos muitos craques em Caçador. É difícil você sair do Brasil, mas quando você volta e vê que tem gente trabalhando e se dedicando é muito bom”, destacou Gabriel.

Os atletas de Caçador estarão a partir desta sexta-feira, 28, em Fraiburgo para a etapa regional dos Joguinhos Escolares.

“Essa é uma competição forte, muito disputada e que na minha época todo mundo queria jogar. São competições dessas que servem como vitrine, como uma oportunidade de dar um passo a mais porque tem técnicos de outros times e até de seleções que acompanham essas competições”, lembrou Gabriel.

Confira a entrevista completa

Entrevista com Gabriel Ceretta Jung, atleta caçadorense que atua no handebol da Espanha e está na expectativa para as Olimpíadas de Tóquio 2020!

Posted by Rádio Caçanjurê on Wednesday, June 26, 2019

Fonte: Jornalismo Rádio Caçanjurê
Foto: Rádio Caçanjurê
Comentários
Carregando...