Gorduras trans são responsáveis por cerca de 500 mil mortes ao ano no mundo

Para conscientizar a população e ampliar o acesso a informação, foi criado o Dia Nacional do Combate ao Colesterol

Em maio deste ano, a Organização Mundial da Saúde (OMS) fez um comunicado em Genebra, na Suíça, alertando que cerca de cinco bilhões de pessoas no mundo convivem com os riscos de desenvolver doenças associadas ao uso das gorduras trans, ingrediente amplamente utilizado pela indústria que pode causar o aumento do colesterol total e colesterol ruim.

O colesterol elevado no sangue é uma das principais causas de doenças cardiovasculares, entre elas infarto e acidente vascular cerebral. Segundo a OMS, as gorduras trans atualmente são responsáveis por aproximadamente 500 mil mortes ao ano.

No Brasil, a Sociedade Brasileira de Cardiologia aponta que 60 milhões de pessoas têm colesterol elevado. Para conscientizar a população e ampliar o acesso a informação, foi criado o Dia Nacional do Combate ao Colesterol, comemorado em 8 de agosto.

O cardiologista Luiz Morello ressalta os perigos do excesso de colesterol no corpo.

E para combater o colesterol é importante ter hábitos saudáveis de vida: fazer exercícios físicos por exemplo. E principalmente cuidar da alimentação. Por isso a reportagem da Caçanjurê entrevistou a nutricionista Karine Venâncio. Ela alerta que alimentos fritos imersos no óleo são vilões do colesterol, assim como os processados com alto índice de gordura trans.

Fonte: Jornalismo Rádio Caçanjurê
Foto: Ilustração
Comentários
Carregando...