Governo do Estado vai liberar recursos para finalização da ponte de Rio das Antas

Desapropriações para construção do acesso a ponte em Rio das Antas chegam a R$ 2,4 milhões

Um dos entraves para a conclusão das obras na nova ponte no município de Rio das Antas, que está parada a mais de um ano, pode estar próximo de ser solucionado.

O Comitê Gestor da Secretaria da Fazenda autorizou o direcionamento de recursos, na ordem de R$ 2,4 milhões, para as indenizações e desapropriações que impedem a construção dos acessos à ponte, que já está com a estrutura pronta.

A informação foi repassada pelo prefeito de Rio das Antas, Ronaldo Loss, em entrevista a reportagem da Rádio Caçanjurê.

A nova ponte no município de Rio das Antas, que faz parte de uma obra chamada travessia urbana, orçada em quase R$ 10 milhões de reais, está parada a mais de um ano. A estrutura da ponte em si está pronta, mas os acessos não, e ficou conhecida como a ponte que leva nada a lugar nenhum.

O prefeito de Rio das Antas reforçou ainda que a situação impede outras ações previstas pela Administração Municipal como, por exemplo, urbanização e melhorias no trânsito.

76 obras monitoradas pela FIESC, 97% estão com prazo expirado ou andamento comprometido

A Federação das Indústrias de Santa Catarina (FIESC) monitora 76 obras e projetos de infraestrutura que estão em andamento no estado, das quais 97% estão com o prazo expirado ou com o andamento comprometido. Os dados foram apresentados em audiência pública, na Assembleia Legislativa, em Florianópolis.

As 76 obras e projetos acompanhados pelo sistema Monitora FIESC totalizam R$ 6,8 bilhões. Entre os principais obstáculos estão: falta de recursos financeiros, desapropriações, problemas com projetos e estudos, licitações, licenciamento ambiental, emissão de ordem de serviço, sítio indígena e revisão de contrato.

Fonte: Jornalismo Rádio Caçanjurê
Foto: Sun 7 Imagens
Comentários
Carregando...