Precariedade nos pontos de ônibus repercute no Legislativo

Vereadores criticaram a demora em se construir abrigos na cidade. Líder do prefeito informa que ainda este ano pelo menos 100 pontos de ônibus deverão ser construídos

A situação dos pontos de ônibus em Caçador voltou a ser assunto nesta semana na Câmara Municipal. O tema foi abordado pelo vereador Jair Fernandes (PSDB) que trouxe a plenário reclamações de usuários do transporte público, com a falta de investimentos do Executivo neste setor.

O parlamentar usou como exemplo os dois pontos na Avenida Barão do Rio Branco, um no Largo Caçanjurê, que diariamente recebe uma quantidade significativa de pessoas que acabam expostas no sol ou na chuva, além de outro, em frente à Loja Capoani, próximo ao cruzamento com a Avenida Getúlio Vargas, onde, apesar de ter cobertura é insuficiente pela quantidade de usuários. “Esses são dois exemplos apenas, mas a falta de cobertura ou construção de novos pontos se estende por toda a cidade, em locais onde a precariedade é ainda maior. A população acaba sofrendo sem esses abrigos, especialmente sem proteção em dias de chuva ou de sol escaldante”, destaca.

O vereador Ricardo Barbosa (PSDB), líder do prefeito na Casa, informou que já está em andamento o processo licitatório para a construção de 168 pontos de ônibus em Caçador, e que em conversa com o prefeito Saulo Sperotto foi informado da intenção do Executivo em construir pelo menos 100 abrigos de ônibus ainda neste ano.

A demora neste serviço também foi criticada pelo presidente Alcedir Ferlin (MDB) e pelo vereador Rubiano Schmitz (sem partido).

 

Fonte: Ascom. Câmara Caçador
Foto: Ascom. Câmara de Caçador