Prefeitura oficializa repasse de recursos para o Maicé

Os recursos serão utilizados para custeio do hospital Maicé e foram aprovados pela Câmara Municipal na semana passada

A Prefeitura de Caçador oficializou, na manhã desta quinta-feira, 19, o repasse de recursos para o hospital Maicé. As verbas vieram de emendas parlamentares: R$ 506 mil do senador Dario Berger (MDB) e R$ 500 mil do ex-deputado Marco Tebaldi (PSDB). Além destas, foi entregue ainda uma emenda de Relatoria, no valor de R$ 400 mil, totalizando R$ 1.406.000,00.

Os recursos serão utilizados para custeio do hospital Maicé e foram aprovados pela Câmara Municipal na semana passada. “Estes recursos já estão na conta e serão repassados imediatamente. O hospital Maicé tem uma extrema importância para Caçador e região, pelos serviços que presta e pela ampliação da sua atuação, com novas especialidades”, destacou o prefeito Saulo Sperotto.

Há alguns anos, empresários e entidades caçadorenses constituíram o Conselho Consultivo do Maicé, visando recuperar toda a estrutura de equipamentos e o financeiro do hospital, que estava defasado e prestes a fechar as portas. “O Maicé atende cerca de 93% de pacientes do SUS. O SUS, por sua vez, repassa 68% do valor do atendimento por pacientes, ou seja, falta sempre 1/3 da despesa gerada naquele atendimento. Não vamos conseguir fechar a conta se não tivermos recursos como estes, de emendas parlamentares e do auxílio da comunidade e da classe empresarial”, enfatizou Leonir Tesser, representando o Conselho Consultivo do Maicé.

“O hospital é nosso e a Uniarp é parceria para que a Saúde de Caçador e região possa melhorar. Temos um curso de Medicina, com 160 acadêmicos e não podemos pensar este curso sem o Maicé, sem um hospital de referência”, acrescentou Neoberto Balestrin, presidente da Uniarp.

O presidente da Câmara, Alcedir Ferlin, salientou que sabe das dificuldades que o hospital enfrenta, principalmente por conta da tabela do SUS, que está bastante defasada. “Em nome dos vereadores, nos colocamos à disposição para sempre auxiliar quando for relativo ao Maicé, assim como somos parceiros dos Bombeiros e da Universidade, porque reconhecemos a importância no contexto deste nosso hospital”, completou.

O vice-presidente da FIESC, Gilberto Seleme, lembrou que o hospital estava sendo fechado e graças às instituições que assumiram, o Maicé se tornou referência. “Eu sempre digo na FIESC que, se não nos unirmos, todos os recursos ficarão para o litoral e cidades maiores. Temos que nos unir para somarmos, com um ideal bem definido e sério e os parlamentares e autoridades reconhecem este grande projeto, que é o hospital Maicé”, completou.

“Queremos agradecer aos parlamentares que estão contribuindo com o nosso hospital. Ressalto o grande trabalho que o Conselho Consultivo do Maicé tem feito, através dos empresários e representantes das mais diversas entidades de Caçador. Além de interagirem e se articularem em busca de recursos, estes empresários também estão investindo para melhorar cada vez mais a estrutura e possibilitar um melhor atendimento no Maicé. Continuaremos a nossa busca constante de recursos para a Saúde, investindo cada vez mais, para melhorar a qualidade de vida de todos os cidadãos”, finalizou o prefeito Saulo.

Fonte: Assessoria de Comunicação
Foto: Assessoria de Comunicação
Comentários
Carregando...