Programa Guarda Bem já atendeu mais de 800 crianças e adolescentes em Caçador

Destes atendimentos, 300 são consultas neurológicas e 108 exames P300

O programa Guarda Bem, da Prefeitura de Caçador, já atendeu mais de 800 crianças e adolescentes, das escolas municipais, estaduais e particulares do município. Destes atendimentos, 300 são consultas neurológicas e 108 exames P300 (Potencial Evocado Auditivo de Longa Latência) que auxilia no diagnóstico de disfunção cognitiva, transtorno psiquiátrico ou demência. Como resultado, foram 76 laudos conclusivos emitidos em seis meses de atuação em todas as redes de ensino.

“O exame P300 é algo muito avançado e moderno. Ficamos muito contentes por termos trazido este equipamento para Caçador. Por meio disso, é possível garantir um tratamento adequado e melhor qualidade de vida para crianças e jovens”, complementa a secretária de Educação, Josete Estrowispy.

As consultas neurológicas, encaminhadas e agendadas pelas escolas, são acompanhadas por uma psicopedagoga e realizadas no ambulatório do Hospital Maicé.

O Guarda Bem é um programa de Governo da Prefeitura, encabeçado pela Secretaria Municipal de Educação e conta com psicólogos, fonoaudióloga, psicopedagoga, professores de filosofia, neurologista e psiquiatra.

A equipe multidisciplinar atua junto às crianças e adolescentes que tenham algum tipo de dificuldade ou problema de aprendizagem, além de propensão ao suicídio ou vítimas de violência, trabalhando as relações socioemocionais.

“O programa foi lançado devido a Caçador ter muitas crianças com laudos, em todas as escolas, da municipal, estadual e particular. Além disso, Caçador é um dos municípios do Brasil com maior quantidade de crianças e adolescentes vítimas de violência, tanto física quanto sexual.  Com intuito de reduzir estes números, o Guarda Bem veio para ser um apoio e proporcionar mais qualidade de vida para nossos jovens”, destaca a secretária Josete Estrowispy.

EXAME P300

O é um exame útil para detectar as funções cerebrais, relacionado à audição (memória, atenção, cognição).

O exame é realizado para analisar funções atencionais e cognitivas. Por meio dele é possível identificar questões relacionadas ao processamento auditivo central, atenção e concentração, transtornos psiquiátricos e demência.

Tem um papel muito importante para a identificação precoce de questões clínicas que tem grande impacto na vida dos pacientes, como no caso do Déficit de Atenção.

Fonte: Ass. Imp. Prefeitura de Caçador
Foto: Ass. Imp. Prefeitura de Caçador
Comentários
Carregando...