UNIARP concede o título Doutor Honoris Causa para Secretário de Estado André Motta

A Universidade Alto Vale do Rio do Peixe (UNIARP) realizou nesta sexta-feira (17), a reunião do Conselho Universitário destinada a outorga do título honorífico de Doutor Honoris Causa para André Motta Ribeiro, secretário de Estado da Saúde de SC.
O egrégio Conselho Universitário da UNIARP, por meio da resolução CONSUN nº 032, de 29 de novembro de 2021 aprovou por unanimidade a concessão de outorga do título.
Para a outorga observou-se na pessoa de Andre Motta, a postura humanista que adota frente à Secretaria Estadual de Saúde, pelo uso da meritocracia na análise e deferimento dos expedientes e investimentos em saúde no Estado e pelos trabalhos de enfrentamento da pandemia, pelos investimentos em saúde no interior do Estado de Santa Catarina e na região de AMARP.
Honoris causa é uma expressão em latim e usada atualmente como um título honorífico, que significa literalmente “por causa de honra”.
“Resta dizer muito obrigado, aceito com muita honra e carinho. Divido este título com o colegiado de Governo, com o governador Moisés e com minha equipe da Secretaria de Estado da Saúde”, comentou André Motta.
A solenidade foi conduzida pelo professor Dr. Anderson Antônio Mattos, Martins reitor da UNIARP, com a presença do presidente da Fundação UNIARP Neoberto Balestrin, do prefeito de Caçador Saulo Sperotto e do prefeito de Lebon Régis, Douglas Mello.

Projeto de qualificação na área de Urgência e emergência
Ao final da solenidade, Andre Motta manifestou a intenção de implantar em Caçador um projeto piloto de qualificação profissional das equipes assistenciais e acadêmicos que atuam no serviço de urgência e emergência. “Em 2022 quero trazer a política de urgência e emergência para nosso Estado e queremos iniciar por aqui, por Caçador. Provocamos a Universidade e o Hospital Maicé para este projeto que será um grande case de sucesso”, afirmou. O Hospital Maicé manifestou oficialmente interesse apresentando um plano de trabalho detalhado. Da mesma forma, a UNIARP também manifestou interesse.

O homenageado
André Motta é médico e possui pós-graduação em administração hospitalar. Como secretário acompanhou toda a montagem da atual equipe da Saúde e está desde o início da pandemia do novo coronavírus focado no aparelhamento da rede hospitalar catarinense para fazer frente à demanda.
Nascido na cidade de Cachoeira do Sul, André Motta Ribeiro se formou em Medicina pela Universidade Federal de Santa Maria (UFSM) no ano de 1990. É pós-graduado em Administração Hospitalar pela PUC da cidade de São Camilo (RS), em 1993. Atuou como médico nos estados do Rio Grande do Sul e Bahia.
Chegou a Santa Catarina em novembro de 2004. Trabalhou na Secretaria Municipal de Saúde de Florianópolis. Exerceu também o cargo de Diretor Técnico da Secretaria Municipal de Saúde de São José no ano de 2008. No Governo do Estado, foi regulador estadual de leitos e UTI e, nos últimos sete anos, foi médico de emergência e preceptor na Clínica Médica do Hospital Governador Celso Ramos. Em julho de 2017, assumiu a Coordenação Estadual do SAMU, onde permaneceu até o final de 2018 – quando recebeu o convite para ser secretário-adjunto.
Como adjunto, ajudou a implementar a política hospitalar catarinense e instituiu o Centro de Operações de Emergência em Saúde (COES) para o combate à pandemia do novo coronavírus no dia 13 de março. No COES, contribuiu para o aumento da capacidade hospitalar preexistente no Estado de Santa Catarina em mais de 45%, com a ativação de 381 novos leitos de UTI.

Fonte: Assessoria de Imprensa
Foto: Assessoria de Imprensa

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on google
Google+
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on email
Email