De Mãos Dadas Com O Produtor: Pêssego, Ameixa e Nectarina

O que é necessário para produzir frutas de caroço com qualidade e segurança, como o pêssego, a ameixa e a nectarina

Estamos em novembro e a colheita do pêssego, da ameixa e da nectarina já começou. Além de serem frutas deliciosas, elas são muito importantes para a agricultura da região Meio Oeste de Santa Cantaria, pois destacam-se na fruticultura ao lado da uva e da maçã, por exemplo. Estima-se que 14 mil produtores cultivem mais de 55 mil hectares de frutas em Santa Catarina. E será que os produtores estão satisfeitos com a safra deste ano? Quais características são exigidas pelo mercado e como garantir a qualidade da fruta? Isso é o que você confere na reportagem.

O repórter Ramon Gabriel foi à campo com a FBA – Força Brasil Agrícola e comeu pêssego tirado do pé direto no pomar. A FBA estará periodicamente conosco, orientando e mostrando o trabalho dos agricultores da região no quadro “De Mãos Dadas com o Produtor”. Desta vez fomos até um pomar de frutas de caroço na localidade de Monte Bérico, interior de Videira.

Valdir Coser tem 25 hectares plantados entre pêssego, nectarina e ameixa, e explica que o mercado é exigente e a qualidade é que manda. Para ele, a expectativa é de uma ótima safra. Essa qualidade começa com o produtor buscando muita informação, comenta. Depois de uma boa produção, são necessárias estratégias para conseguir vender o produto, pois com uma boa safra cai o preço, e isso varia a cada ano, mas a estratégia é ter qualidade sempre. A fruta precisa ter um bom tamanho, pois são as preferidas pelos consumidores na prateleira do supermercado.

Segundo Coser, um conjunto de fatores são necessários para garantir a qualidade da fruta. Tudo inicia com a poda de inverno, passando pela adubação, tratos culturais como o raleio e outros. Além disso, o fruticultor está cada vez mais preocupado em produzir alimentos que sejam seguros para a saúde das pessoas. Coser explica que o produtor busca utilizar tratamentos que tenham a menor toxidez possível, proporcionando segurança ao aplicador e consequentemente ao consumidor. 

O Engenheiro Agrônomo, Humberto Coser, que é consultor técnico da FBA, cita que as principais exigências de mercado para uma fruta são aparência sadia, suportar um bom tempo de prateleira, bom sabor e sem resíduos de agrotóxicos. Para garantir o padrão de mercado, Humberto esclarece que um conjunto de nutrientes é necessário e todos eles são importantes como o cálcio, zinco, boro, potássio, pois cada um é responsável por uma caraterística da fruta, como o peso ou a doçura. Já uma fruta deficiente em cálcio, por exemplo, não suportará frigorificação, transporte, nem tempo de prateleira. Assim, a utilização de produtos como o Intrax Cálcio e Intrax Potássio se torna essencial.

Outra preocupação é com relação à toxidez dos tratamentos utilizados na produção. Hoje existem produtos com base natural muito eficientes no controle de pragas e doenças, como o Eco Tirano, que não é tóxico e não deixa resíduos na fruta, podendo ser usado em final de ciclo ou em culturas que são colhidas com frequência, em pequenos intervalos de tempo.

Graças a alta tecnologia e a assistência técnica continuada, o que é oferecido pela FBA, hoje o agricultor tem acesso a insumos que proporcionam maior produtividade, segurança e qualidade, explica Humberto. Com isso, é possível ter sustentabilidade na agricultura.

SAIBA MAIS NA REPORTAGEM DE RAMON GABRIEL:

Pensando na qualidade da fruta a FBA desenvolveu o Intrax Cálcio e o Intrax Potássio:

🔸 O Intrax Cálcio possui mobilidade via floema e xilema devido ser quelatizado com aminoácidos. Possui carga neutra e a sua molécula é extremamente pequena, menor que os estômatos da planta, sendo absorvido e translocado para os pontos de maior necessidade, que é o fruto.
🔸 O Intrax Potássio é um nutriente sistêmico que quando aplicado na planta, ela absorve e desloca esse nutriente para o que ela mais precisa no momento, tornando eficiente seu efeito imediato. Contribui para aumento do grau brix, coloração e peso.
🔸O Eco Tirano é um desalojante natural, a base de alho. Quando aplicado nas plantas possui ação sistêmica, sendo absorvido e por um período deixa a planta menos atrativa aos insetos, tendo efeito de repelente. Além de funcionar como espalhante, pode ser aplicado junto com agroquímicos e é indicado a sua aplicação junto com os inseticidas.

FBA – Força Brasil Agrícola, em Fraiburgo, bairro São Sebastião, Avenida Videira.

WhatsApp: (49) 99177-6685⁣⁣⁣⁣⁣⁣⁣⁣⁣⁣⁣⁣⁣⁣⁣⁣⁣⁣⁣⁣⁣⁣⁣⁣⁣⁣⁣⁣⁣⁣

Facebook: @forcabrasilagricola

Instagram: @forcabrasilagricola

Telefone: (49) 3246-3000⁣⁣⁣⁣⁣⁣⁣⁣⁣⁣⁣⁣⁣⁣⁣⁣⁣⁣⁣⁣⁣⁣⁣⁣⁣⁣⁣⁣⁣⁣⁣


Receba diariamente em seu smartphone notícias do Meio Oeste de Santa Catarina, do estado, do Brasil e do mundo. O WhatsApp do RBV Notícias é (49) 99129-4258.

CLIQUE AQUI E ENTRE NO GRUPO DE NOTÍCIAS DO RBV

Assim, com o RBV Notícias você fica sabendo das informações em destaque nas cidades de Caçador, Videira, Tangará, Capinzal e de quase 50 municípios em toda a região do Alto Vale do Rio do Peixe.

O RBV Notícias vai ao ar de segunda a sexta-feira pelas Rádios Barriga Verde, Tangará, Videira, Vitória, Rádio V e Caçanjurê. Também transmitimos ao vivo em vídeo pelo canal no YouTube e página no Facebook. Siga o RBV Notícias no Instagram @rbv.noticias. Ou então, para mais informações continue navegando pelo Portal RBV.

Foto: RBV Notícias

Fonte: RBV Notícias

Share on facebook
Share on linkedin
Share on google
Share on email
Share on twitter
Share on whatsapp

Últimas Notícias