Rádios RBV

Menu

GAECO deflagra operação para desarticular organização criminosa

Devem ser cumpridos 74 mandados de prisão preventiva, 5 mandados de prisão temporária e 97 mandados de busca e apreensão, em diversas cidades do Estado de SC e RS.

Fonte:
Coordenadoria de Comunicação Social do MPSC - Ministério Público

Na manhã desta terça-feira (22/08), o GAECO deflagrou a Operação Sodalitas Finis, com o objetivo principal de desarticular uma das maiores organizações criminosas em atividade no Estado. Neste momento, estão sendo cumpridos de 74 mandados de prisão preventiva, 5 mandados de prisão temporária e 97 mandados de busca e apreensão, expedidos pelo Poder Judiciário da Comarca de Xaxim, a pedido do Ministério Público de Santa Catarina (MPSC).

As ordens judiciais são cumpridas por um efetivo de 470 integrantes das Polícias Civil, Militar, Penal, Rodoviária Federal, Batalhão de Aviação da Polícia Militar (BAPM) de Lages e Serviço Aeropolicial de Fronteira – SAERFron de Chapecó. A Polícia Científica e a Guarda Municipal de Chapecó também prestam apoio à operação.

Coordenadoria de Comunicação Social do MPSC

Os fatos são investigados em procedimento investigatório criminal (PIC) instaurado pela 2ª Promotoria da Comarca de Xaxim, que busca apurar a ocorrência de organização criminosa e diversos outros crimes.

- Publicidade -

Cidades onde estão sendo cumpridos mandados de busca e apreensão e mandados de prisão: Xaxim, Chapecó, Xanxerê, Águas de Chapecó, Campos Novos, Catanduvas, Coronel Freitas, Formosa do Sul, Joaçaba, Caçador, Barra Velha, Biguaçu, Blumenau, Itajaí, Balneário Camboriú, Balneário Piçarras, Lages, Ponte Alta, Penha, Tubarão, Venancio Aires/RS e Lajeado/RS.

Coordenadoria de Comunicação Social do MPSC

A Operação “Sodalitas Finis” é resultado de meses de investigação unindo esforços de diversas unidades de segurança do Estado e é uma resposta clara e direta contra as atividades do crime organizado.

O nome “Sodalitas Finis”, ou o fim do grupo em tradução livre, foi escolhido em alusão à meta principal desta operação: desarticular as atividades desta organização criminosa na cidade de Xaxim e região próxima, cujos criminosos são responsáveis por uma ampla variedade de crimes graves, incluindo tráfico de drogas em larga escala, homicídios, roubos, entre outros.

Coordenadoria de Comunicação Social do MPSC – Ministério Público

A investigação tramita em sigilo e, assim que houver a publicidade dos autos, novas informações poderão ser divulgadas.

Participe do grupo no Whatsapp do Portal RBV e receba as principais notícias da nossa região.

*Ao entrar você está ciente e de acordo com todos os termos de uso e privacidade do WhatsApp

Últimas Notícias

Capotamento deixa motorista gravemente ferido em Lebon Régis

O Corpo de Bombeiro Militar de Lebon Régis atendeu...

Pinheiro Preto comemora 62 anos neste domingo

Neste domingo, dia 19 de maio, o município de...

Pedal UCC deve reunir mais de 300 ciclistas neste domingo em Caçador

A União Caçadorense de Ciclismo promove neste domingo (19)...

Projeto destaca a preservação de obras com valor histórico e de memória

A acadêmica Karoline Vezoli, do curso de Arquitetura e...

ACIC recebe palestra sobre Estratégia Empresarial

No mês de abril a Associação Empresarial de Caçador...

Mais Lidas da semana

Motorista é arremessado do carro durante capotamento

O Corpo de Bombeiro Militar de Salto Veloso foi...

Carro com placas de Caçador se envolve em acidente fatal

Carro com placas de Caçador se envolve em acidente...

Carro capota no interior de Rio das Antas

Os Bombeiros Militares de Rio das Antas atenderam na...

Cantora caçadorense vai ao Rio Grande do Sul entregar donativos

A cantora caçadorense Bruna Manenti está em viagem para...

Condutor é resgatado após saída de pista em Pinheiro Preto

Condutor foi resgatado após saída de pista em Pinheiro...

Outros Tópicos Interessantes