“Mês do cachorro louco” reforça lembrete de imunização contra a raiva

A crendice popular remete agosto ao “mês do cachorro louco”. De acordo com o veterinário Samir Salha, a fama do mês está relacionada ao período fértil das fêmeas, que pode causar disputa entre os cães e maior disseminação da doença, caso estejam contaminados. Além disso, esse também foi o período de campanhas do governo há anos atrás para vacinação em massa de cães.

Apesar de muita coisa ter mudado desde o surgimento da expressão, o período ainda serve para reforçar a importância da vacinação contra a raiva.

 

 

VEJA TAMBÉM