Rádios RBV

Menu

Quem era o casal que morreu em acidente no MS

Homem era pianista de Luiza Possi e mulher era filha de empresário catarinense de Blumenau

Fonte:
Portal RBV

O casal que morreu em um acidente na manhã de domingo (24), na BR-267, em Nova Casa Verde, distrito de Nova Andradina (MS), foi identificado como Ivan Gonçalves Teixeira de Lima, de 45 anos, e Ariane Renovato Ross, 40 anos.

Ivan era pianista e trabalhava com a cantora Luiza Possi há 19 anos. Ariane atuava como cantora, atriz, dubladora e locutora, e era filha do radiodifusor Carlos Ross, dono da Rede Fronteira de Comunicação, da CBN Vale do Itajaí, em Blumenaus.

Em nota, a Associação Catarinense de Emissoras de Rádio e Televisão (Acaert) prestou solidariedade a Carlos e família, lamentando as mortes em uma nota de pesar.

- Publicidade -

“Qualquer perda é irreparável e dolorosa, mas o falecimento de forma prematura nos deixa ainda mais tristes e consternados”, escreveu ainda a Acaert.

Luiza Possi fez homenagem nas redes sociais

Muito emocionada, Luiza lamentou a perda do músico e da namorada dele em uma rede social. Segundo ela, Ariane Renovato Ross trabalhava como cantora, atriz, dubladora e locutora.

“Meu grande parceiro da vida, meu grande companheiro de aventuras. Só dizia sim. Foi comigo para todos os lugares. Se ele não pudesse fazer um show de piano e voz, eu não substituía ele. Eu simplesmente não fazia, porque ele era a alma da minha banda, a alegria das nossas vidas, dos nossos dias”, disse Luiza.
Luiza contou que Ivan deixa duas filhas, Helena e Bianca. “Eu vou sentir uma falta enorme e eu quero deixar aqui as minhas condolências à família do Ivan, aos amigos, minha banda, minha equipe, que deve estar passando por uma dor muito grande, assim como eu. Em estado de choque. Vá com Deus, Ivan, eu amo você e vou te amar para sempre”.

O acidente

Conforme apurou o Jornal da Nova, Ariane Ross, havia feito uma apresentação de Natal no Shopping Metrô Itaquera, cidade do interior paulistano, horas antes do acidente, aproximadamente 830 quilômetros de distância do impacto da capotagem.

De acordo com o Corpo de Bombeiros, Ariane estava dirigindo o carro e Ivan estava no banco do passageiro. A motorista teria perdido o controle do veículo e bateu em um coqueiro, às margens da rodovia. Os corpos ficaram presos às ferragens.

No carro havia dois cachorros, que fugiram após o acidente.

Ainda conforme as informações dos militares, o carro seguia sentido São Paulo/Bataguassu. Uma equipe do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) também esteve no local, mas não conseguiu reanimar o casal.

Participe do grupo no Whatsapp do Portal RBV e receba as principais notícias da nossa região.

*Ao entrar você está ciente e de acordo com todos os termos de uso e privacidade do WhatsApp

Últimas Notícias

Cachorro jogado de ponte é colocado para adoção

O cachorro jogado de uma ponte de aproximadamente 12...

SC registra 82 desalojados e 11 desabrigados devido as chuvas

A Secretaria de Estado da Proteção e Defesa Civil...

Núcleo de Meio Ambiente da Acic promove workshop sobre desafios e oportunidades

O Núcleo de Meio Ambiente da Associação Empresarial de...

Filho é condenado a 60 anos por enterrar casal com trator

O acusado de matar e enterrar o pai e a...

Mais Lidas da semana

Motociclista morre no centro de Caçador

Um homem de 32 anos, identificado como Gerson Pelentir...

Dois acidentes movimentam a madrugada na região

Dois acidentes movimentam a madrugada na região, com sinistros...

Quina sai para aposta de Fraiburgo

Três catarinenses que fizeram apostas no concurso 2711 da...

Polícia prende acusado de feminicídio em Videira

A Polícia Civil, em uma operação conjunta com a...

Três mortes são registradas com veículo da Saúde de Timbó Grande

Três mortes são registradas com veículo da Saúde de...

Outros Tópicos Interessantes