Liminar mantém pagamento da revisão dos servidores públicos de Capinzal

Durante a realização da sessão ordinária da Câmara de Vereadores de Capinzal realizada na noite desta terça-feira, dia 20,  o presidente Rafael Tonial, informou que entrou com um pedido de antecipação de tutela na Justiça da Comarca de Capinzal para que o município pudesse manter a revisão geral aos servidores de 5,20%. O Poder Executivo Havia enviado um Projeto de Lei para a Casa Legislativa que revogava a revisão após orientação do Tribunal de Contas do Estado. Os vereadores rejeitaram por unanimidade o Projeto.

Após pedir 5 minutos de recesso para avaliar o documento, o vereador informou que o deferimento da liminar feito pela juíza Mônica Fracari e garante o amparo legal para que os servidores possam receber a reposição até a decisão final do processo.

Rafael afirmou que o documento será encaminhado ao Executivo e a expectativa é que o Executivo possa continuar pagando o reajuste com amparo legal.