Setembro amarelo: familiares e amigos são fundamentais na prevenção ao suicídio

Em pleno Setembro Amarelo, mês dedicado a políticas públicas de prevenção ao suicídio, tivemos duas tentativas de suicídio na região nos últimos dias. O comandante dos bombeiros voluntários, Anderson Caetano revela que os números aumentaram e que cabe aos amigos e familiares tomar os devidos cuidados.

Caetano revela que o isolamento durante a pandemia tem tornado os atendimentos a pessoas com depressão mais frequentes.

No Brasil, são registrados cerca de 12 mil suicídios por ano. E no mundo, esse índice sobe para mais de um milhão de casos. Se você está passando por alguma situação difícil ou conhece alguém que precise de ajuda, você pode entrar em contato com o Centro de Valorização à Vida pelo número 188.

VEJA TAMBÉM