Regional da FIESC inicia 4ª turma do curso técnico em Processamento da Madeira

São mais 30 alunos que estão iniciando no curso

A Regional Centro-Norte da FIESC, por meio do SENAI realizou dia 16 de agosto a aula inaugural da 4ª turma do curso técnico em Processamento da Madeira. A abertura teve a presença de Leonir Tesser, vice-presidente Regional da FIESC, Aurélio De Bortolo, presidente do Sindicato da Madeira de Caçador (SIMCA) e de Daniel Tenconi, gerente executivo SESI, SENAI e IEL da Regional Centro-Norte da FIESC.

São 30 alunos que estão iniciando no curso. Depois de formados, estarão aptos para coordenar e executar processos de transformação da madeira conforme o tipo de produto, seguindo normas técnicas ambientais, de qualidade, saúde e segurança.

Leonir Tesser, vice-presidente Regional da FIESC parabenizou todos os alunos pela coragem e pela dedicação no desafio de aprender e compartilhar conhecimentos. “Nosso objetivo com este curso é despertar em todos os alunos o encanto e a paixão pela madeira. Em 2018 o curso era um sonho e hoje é realidade”, comentou.

O presidente do Sindicato da Madeira, Aurélio De Bortolo agradeceu a FIESC e o SENAI pelo curso que foi construído a partir das demandas apresentadas pelas indústrias do setor. Também fez um agradecimento especial aos alunos que estão fazendo a diferença na sua área profissional. “O sindicato busca o sucesso da empresa para ter competitividade e estar no mercado para gerar emprego e renda. Todos os alunos são vitoriosos e têm visão de futuro. Os processos estão diferentes nas empresas, é muita tecnologia e é preciso conhecimento para operar as máquinas. Já temos alunos formados neste curso dentro das empresas e notamos os excelentes resultados”, salienta.

De acordo com Daniel Tenconi, gerente executivo SESI, SENAI e IEL da Regional Centro-Norte da FIESC, o conhecimento a maior riqueza de qualquer profissional. “Para todos nós da FIESC é gratificante ver todos os alunos em busca de qualificação. Com certeza serão profissionai de grande destaque no mercado de trabalho”, frisa.

 

Fonte:
Foto:

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on google
Google+
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on email
Email