Seis armas são apreendidas após suposta ameaça de chacina em escola

A circulação dos boatos deixaram a comunidade em pânico na última sexta-feira (27) no município de Videira depois que jovens tiraram fotos com armas e postaram em grupos de WhatsApp

A circulação de boatos de uma suposta ameaça de chacina deixou a comunidade em pânico na última sexta-feira (27) no município de Videira. Jovens tiraram fotos com armas e postaram em grupos de WhatsApp, afirmando que poderiam invadir uma escola e realizar uma chacina.

A polícia tomou conhecimento por meio de denúncia  e acionou o Ministério Público, que determinou busca e apreensão.  Na propriedade do pai de um dos alunos, que fica no interior de Videira, foram encontradas armas e munições, entre os quais estava um revólver com numeração raspada.

O homem foi preso em flagrante. Ele foi ouvido e liberado, e na tarde desta segunda-feira (30), os adolescentes serão ouvidos pela delegacia, onde o caso está sendo investigado.

Sem dar muitos detalhes do ocorrido, o delegado Eduardo Defaveri tranquiliza a população, já que o fato gerou comentários nas redes sociais, com muitos pais com medo de mandar os filhos para a escola. Ouça:

APREENSÃO DAS ARMAS

Na tarde da última sexta-feira (27), em Videira, a Polícia Militar (PM), em ação conjunta com o Ministério Público (MP), efetuou a prisão de um homem pela posse ilegal de seis armas de fogo.

Na ocasião, a PM realizou o cumprimento de mandados de busca e apreensão em três residências no município. Ao todo, foram apreendidos três espingardas, calibres 12, 28 e 32, dois rifles calibre 22 e um revólver calibre 32, além de munições e materiais para carregar cartuchos.

Diante do fato, o autor recebeu voz de prisão e foi conduzido, juntamente com os materiais apreendidos, à Delegacia de Polícia Civil para os procedimentos cabíveis.

Fonte: Polícia Civil/Polícia Militar