Pfizer disponibilizará vacina contra a variante Ômicron a partir de março

CEO da farmacêutica afirmou que, além de proteção contra a nova variante

A farmacêutica Pfizer, produtora da vacina homônima contra a Covid-19, anunciou, através do CEO Albert Bourla, nesta segunda-feira (10), a criação e chegada do imunizante específico contra a variante Ômicron da doença, com projeção de disponibilização do produto para março.
“Essa vacina estará pronta em março. Não sei se precisaremos, não sei se e como será usada, mas estará pronta”, disse Bourla.
“Na verdade, já começamos a fabricar algumas dessas quantidades, portanto, se houver necessidade dessa vacina, teremos imediatamente, porque há muitos governantes que gostariam de vê-la imediatamente”, disse Bourla à CNBC.
O CEO ainda afirmou que, além de proteção contra nova variante, será eficaz contra às formações mais antigas do vírus também.
“A esperança é que consigamos algo que tenha uma proteção muito, muito melhor, principalmente contra infecções, porque a proteção contra as internações e doenças graves, é satisfatória agora com a vacina atual, desde que você receba a terceira dose”, esclarece.
Atualizações em debate
Na contramão, os representantes da agência reguladora dos Estados Unidos, a Food and Drug Administration, informaram que, por mais que haja movimentação e desenvolvimento para uma atualização da vacina atual, ela pode não ser necessária.
“Ainda não sabemos se a Ômicron se tornará a variante dominante ao longo do tempo. Pode ser que tenhamos uma onda muito rápida de Ômicron e algo mais ficará para trás. Até que entendamos isso, não podemos dizer com certeza o que faremos com uma vacina da variante”, disse Peter Marks, diretor do Centro de Avaliação e Pesquisa Biológica da FDA.
No entanto, Marks reforçou que, se houver necessidade, a nova vacina estará disponível, segundos publicado pelo jornal CNN.
Fonte: ND+
Foto: Divulgação