Informação é aqui!

Estudo revela que Covid-19 pode aumentar chances de diabetes e doenças cardiovasculares

Médica de família explica os cuidados que devem ser tomados para interpretar estudo e quais métodos de prevenção das doenças

Nova pesquisa publicada na revista Plos Medicine, assinada por pesquisadores da Inglaterra, revelou que pacientes com Covid-19 podem ter chances aumentadas de diabetes e doenças cardiovasculares durante e após a infecção. A publicação da revista foi feita nesta terça-feira (19).

Para a médica de família e comunidade Mariela Zaros, interpretar estes estudos requer certo cuidado. Isto porque, o estudo foi feito analisando dados de pacientes que tiveram coronavírus antes e depois da infecção. Isso revela, de acordo com a médica, a “incidência” mas não a “relação” entre as duas doenças.

De acordo com Ana Cristina Vidor, gerente da vigilância Epidemiológica de Florianópolis e médica epidemiologista, mais estudos devem ser feitos para revelar esta relação.

“Levanta hipóteses interessantes, mas não dá para tirar muitas conclusões, pelas limitações do método (só revisão de prontuário). Precisa de complementação para entendermos melhor o processo. Mas é bem interessante e pode impactar nas hospitalizações e óbitos nos primeiros anos após epidemia”, explica Vidor.

Pesquisa em três fases

A pesquisa mensurou complicações em três fases a partir do diagnóstico de Covid. Aguda (até quatro semanas do registro da infecção), pós-aguda (de 5 a 12 semanas) e longa (de 13 a 52 semanas). A pesquisa revelou aumento do aparecimento de diabetes ou doenças cardiovasculares nas três fases.

“O risco cardiovascular é bem perigoso e importante logo após a infecção, mas estabiliza depois. Quanto ao Diabetes, parece antecipar-se em quem já teria tendência, pois o risco desaparece depois de um tempo”, afirma Vidor.

Cuidados com diabetes

Como cuidados com o diabetes e doenças cardiovasculares Mariela Zaros explica que alguns fatores devem ser observados. Entre eles estão a alimentação, atividade física e peso.

“A orientação maior é ficarmos de olho no que já sabemos que causa mais estas doenças. Estilo de vida como consumo de cigarros, histórico na família, consumo de embutidos e situações de estresse”, explica.

De acordo com o Ministério da Saúde as dicas de prevenção para doenças cardiovasculares são:

  •  Abandonar o sedentarismo, o tabagismo e praticar atividade física, conforme orientação médica;
  • Fazer trinta minutos de caminhada, pelo menos três vezes por semana, já é benéfico ao coração;
  • Manter uma alimentação saudável, sem gorduras ou frituras, dando preferência às carnes brancas;
  • Inserir vegetais, folhas e legumes nas refeições;
  • Trocar a sobremesa calórica por uma fruta;
  • Evitar o consumo excessivo de açúcar, massas, pães e alimentos industrializados;
  • Restringir a ingestão de bebidas alcoólicas.
você pode gostar também

Comentários estão fechados.

Jornalismo Rádio Videira/ND+
Divulgação