Informação é aqui!

Homem é condenado por furto de celular em Pinheiro Preto

Vendedor de mandolate se aproveita da distração da vítima e subtrai seu telefone da residência

Um vendedor de mandolate foi condenado a 1 ano e seis meses de reclusão pelo furto de um aparelho celular. A sentença foi expedida nesta segunda-feira (10) pelo juiz da Comarca de Tangará, Flávio Luís Dell’Antônio.
De acordo com os autos, o crime ocorreu no dia 22 de dezembro de 2020 no bairro São José, em Pinheiro Preto. Na ocasião, o denunciado entrou no pátio de uma residência e furtou o aparelho Samsung, avaliado em R$ 1.600 reais, que estava na varanda.
A vítima, que limpava o quintal no momento do furto, procurou pelo aparelho quando foi informada pela vizinha que viu um vendedor de mandolate em seu terreno. Ela e o marido saíram em buscas até localizar o autor e acionar a Polícia Militar.
Para o magistrado impôs o regime inicial fechado e aumentou a pena devido a reincidência, pois o homem ostenta quatro condenações criminais definitivas por crimes dolosos, duas delas, inclusive, específicas de furto.
O juiz concedeu ao réu o direito de recorrer em liberdade, pois respondeu solto ao processo.

Fonte: Caco da Rosa
Foto: Divulgação

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on google
Google+
Share on email
Email