Informação é aqui!

Racha com Frente Democrática marca sábado de convenções em SC

Candidatura de Jorge Boeira ao governo foi confirmada pelo PDT, Afrânio concorre ao Senado pelo PSOL e Avante e DC reiteram apoio a Moisés

Mais um dia de definições, candidaturas lançadas, apoios reforçados e racha entre partidos em Santa Catarina. O sábado (30) foi marcado pelas convenções do PDT, Avante, Democracia Cristã e PSOL e o racha na esquerda foi a surpresa do dia.

Depois de ter participado de todas as conversas e organização da Frente Democrática, que lançou e apoia a candidatura de Décio Lima, do PT, ao governo, o PSOL se retirou do movimento.

Pela primeira vez desde que começou a concorrer nas eleições, não terá candidato próprio e optou por não se “submeter” em apoio a outro partido. Em conjunto com o Rede, o partido lançou oficialmente a candidatura de Afrânio Boppré ao Senado e se retirou da disputa à cadeira de governador.

Já o PDT confirmou a candidatura de Jorge Boeira ao governo, com Dalmo Claro de Oliveira como vice em uma chapa exclusiva de membros do partido. A “separação” do PDT da Frente Democrática já tinha causado surpresa, uma vez que, assim como o PSOL, o partido integrava o grupo desde o início das conversas.

Se na esquerda os rachas chamam a atenção, o atual governador Carlos Moisés recebeu, de forma oficial, os apoios do Avante e do Democracia Cristã na tarde deste sábado. Moisés, inclusive, esteve presente na abertura da convenção do Avante.

Os dois partidos confirmaram a tendência que já se desenhava de apoio à candidatura de Moisés e Udo Döhler e lançaram apenas candidaturas para deputado estadual e federal.

 

você pode gostar também

Comentários estão fechados.

ND Mais
Divulgação / ND Mais